Ciência Sem Fronteiras passará a oferecer bolsas em qualquer área

A Capes (Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior) anunciou que o Ciências sem Fronteiras ganhará um novo formato a partir de 2017. De acordo com a proposta divulgada na última sexta-feira (21), alunos de pós-graduação, mestrado, MBA e doutorado de qualquer área poderão ser beneficiados.

Segundo informações da BBC, o número de estudantes que poderão receber as bolsas ainda não foi divulgado e depende do orçamento, que deve ser aprovado pelo Ministério de Educação.

Curta a página do blog no Facebook e fique por dentro de tudo sobre intercâmbio em primeira mão!

A primeira versão do programa não abarcava áreas como ciências humanas e artes, além de não conceder bolsas a estudantes de mestrado. Em sua nova versão, o benefício deixará de ser restrito às áreas de exatas e biomédicas.



"Não haverá limitação por país, universidades e/ou cursos, mas será exigida excelência da instituição de destino. O programa contemplará todas as áreas do conhecimento", informou a Capes, responsável por desenhar o novo formato do programa.

Além disso, alunos do Ensino Médio da rede pública também poderão ter a oportunidade de morar fora do país para fazer cursos de língua estrangeira de curta duração, durante as férias. Estas bolsas serão reservadas para estudantes que demonstrarem excelência acadêmica.

“A ideia é contemplar estudantes pobres e de escolas públicas, que tenham bom desempenho e que possam passar um período no exterior, sobretudo, para o aprendizado de um outro idioma”, explicou Mendonça Filho, ministro da Educação.
Share on Google Plus
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário

Mais Populares