Ufba sem Csf: Por onde começar?


Oi, gente! Como eu tinha avisado no post passado, o texto de hoje vai ser pra ajudar quem vem aqui interessado em saber um pouco mais sobre meu intercâmbio, então vou falar sobre os primeiros passos pra conseguir estudar numa universidade parceira da minha na Noruega.

Eu sou original de Salvador-BA, como a maioria já sabe, e estudo na UFBA (Universidade Federal da Bahia), por isso o título do post. Outro detalhe importante é que eu não fui para a Noruega pelo Ciências sem Fronteiras!

Se você está em processo de decisão ou acabou de decidir que quer fazer intercâmbio pela UFBA, mas está mais por fora que bunda de índio e seu curso não se encaixa nos pré-requisitos do CsF, não fique triste porque esse post foi feito especialmente pra você!!

finalmente alguém de humanas falando de intercâmbiooooo!!!
1. Familiarize-se com a AAI
Mesmo ajudando em pouco ou quase nada, a Assessoria de Assuntos Internacionais tem um site que pode ser útil se você quiser saber quais são os documentos necessários pra fazer o intercâmbio. Eu vou postar uma cópia dos meus próprios documentos no final do post, mas vale a pena ir AQUI NO SITE dar uma olhadinha em quais universidades têm convênio com a UFBA e, das que têm convênio, quais oferecem vagas pro seu curso.

2. Faça o teste de proficiência
Essa é uma das primeiras correrias do processo. Eu tive que verificar as datas direitinho, encontrar a melhor pra mim e, no final das contas, fiz meu IELTs em maio. Se você estudou inglês na escola, sozinho ou no CCAA, como eu, recomendo fortemente que faça o TOEFL porque inglês britânico parece romântico nos filmes e tal, mas não dá pra entender nada e, na parte dos áudios, eles vêm com força! Foi aterrorizante hahaha

euzinha durante toda a parte do listening
Se for pra algum país em que a língua exigida não é o inglês, não sei quais são os testes de proficiência, mas corra com eles mesmo assim porque é bom ter esse item riscado da sua lista. Para países de língua espanhola, você só vai precisar comprovar três semestres de espanhol num curso reconhecido (é sempre bom ligar pra galera da AAI pra perguntar quais são os cursos reconhecidos ou pegar um busufba e ir lá no escritório deles pertinho da reitoria :P).

3. Entre em contato (pessoalmente ou por e-mail) com os professores que vão escrever suas cartas de recomendação
As cartas precisam estar em português e no idioma exigido pela universidade. Quando eu cheguei nessa parte do processo, dei a ~sorte~ de estar fora do país e de não ter como falar com os professores pessoalmente, então tive que resolver tudo por e-mail. Muita angústia e muito desespero depois, a resposta dos dois professores foi que eles nunca escrevem cartas de recomendação, só assinam! hahaha Pois é, agora durma com um barulho desses!

muito bonito, senhores professores da Federal University of BA (fubá)
Eu mesma tive que pesquisar no tio Google um modelo de carta de recomendação, escrever a minha, traduzir pro inglês e depois de voltar pro Brasil, marcar encontros com os dois professores pra recolher as assinaturas no final da folha! lol Escrevi tanta coisa boa sobre mim mesma que fiquei até com medo que eles não assinassem, mas deu tudo certo porque não inventei nada, só foquei no positivo (aquelas bem publicidade&propaganda, né? haha).

4. Mantenha seu Coeficiente de Rendimento alto!
Talvez essa teria que ser a primeira dica, mas deixei mais pro final porque a verdade é que o CR mínimo pra fazer intercâmbio é 7, ou seja, não tão alto assim se você estiver planejando ir sem CsF (o que significa que você é de humanas ou artes e não fica feliz com 3 numa prova que vale 10... Espero eu!).

Tô comentando sobre o CR porque, se você decidir que quer uma universidade mais concorrida, ele pode ser o seu diferencial e eu decidi compartilhar a técnica que usava nos primeiros semestres e que me ajudou um pouco com o meu escore (na época do intercâmbio, era 8,6). Eu pegava sempre uma matéria obrigatória difícil combinada com uma optativa bem mangueada, resultado: 6,4 numa obrigatória + 10 numa optativa = 8,2 na média. Daí tentava manter uma nota média nas outras obrigatórias que fossem mais sussa. Não sei se sempre vai existir essa opção ou se você vai ter que passar por um semestre louco com professores tiranos em todas as obrigatórias, mas sempre tem aquele professor brother do seminário em grupo que acaba ajudando no up do CR! :P

5. Procure modelos dos documentos na world wide web
Google tá aí pra ser usado, minha gente! Mas como eu sou boazinha,vou deixar meus próprios documentos aqui procês verem (só clicar na foto que ela aumenta):

A tradução pra inglês dos meus componentes curriculares cursados!
A tradução pra inglês de uma das minhas cartas de recomendação.
A tradução pra inglês da minha carta de apresentação (babando ovo total da universidade na Noruega haha)
Currículo em inglês num modelo mais europeu (copiei o modelo do meu namorado)
Bem, por hoje é só! Espero que o post ajude a muita gente perdida e sem rumo na vida e que dê uma luz praqueles que sonham com o intercâmbio, mas não sabem nem por onde começar. Boa sorte pra todo mundo e SE JOGUEMMMM!! :P

Eu vou tentar sempre intercalar os posts mais pessoais com posts informativos sobre o intercâmbio na Noruega, então se você tem alguma dúvida a respeito do intercâmbio, pode perguntar sem culpa e sem medo aí nos comentários ou na página do Facebook que está nesse link: CLIQUE E CURTA <3 (por favorzinho com açúcar)

Se quiser saber mais sobre meu intercâmbio e ler posts informativos como por exemplo "O que trazer na mala", "Como arranjar emprego" e etc, vai na abinha la em cima onde tem escrito "Intercâmbio na Noruega" ou clica aqui nesse link!


Beijão e volte sempre!! :D
Share on Google Plus
    Blogger Comment
    Facebook Comment

18 comentários:

  1. Quanto tempo é o intercambio pela UFBA? No caso a duração.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi!! Então.. ele pode durar um ou dois semestres, depende de quanto tempo você solicitar na AAI.

      Excluir
  2. Olá! Gostei do seu post.
    Gostaria de saber como foi/está sendo a sua adaptação. Teve muitas dificuldades em relação ao modelo de ensino daí?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, obrigada!!
      Então, tem uma aba lá em cima chamada "Intercâmbio na Noruega" que fala um pouco sobre o meu intercâmbio. Eu agora já voltei e já estou no Brasil, mas também tenho um vídeo no vlog que está nesse link:

      https://www.youtube.com/watch?v=b4Hfj8nyhzI

      Espero que ajude um pouco! Beijão :**

      Excluir
  3. Quanto tempo vc acha que é suficiente pra viajar falando ingles bem? E mais ou menos quanto vc gastou?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Como assim? Não entendi bem a primeira pergunta.. Pra aprender inglês, não recomendo ir pra Noruega porque as pessoas lá falam norueguês, apesar das aulas serem em inglês. Para outros países, acho que em seis meses você aprende a língua caso seja bem interessado(a).

      Tenho um post sobre valores lá na aba superior onde diz: Intercâmbio na Noruega

      Espero que ajude!! Beijão

      Excluir
  4. Gostei muito do seu blog :)
    Você recebeu bolsa de estudos?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aw, obrigada!!
      Então, não recebi, não. Fui na base do paitrocínio mesmo! :P

      Beijão, volta sempre <3

      Excluir
  5. Olá! Também sou estudante da UFBA, curso engenharia mecânica. Devido à atual crise econômica nacional estou com pouca (quase nenhuma) perspectiva de que o governo irá lançar novos editais esse ano pelo ciência sem fronteiras. Como faço para dar entrada no intercâmbio da UFBA? Eles lançam editais periodicamente ou posso procurar a AAI a qualquer momento? Se for por meio de edital, quais as datas que eles costumam lançar?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá! tudo bem??
      Então, o Intercâmbio da UFBA não precisa de edital nenhum, não. A não ser que você queira ir pelo Santander ou algo assim... No que eu fiz, não precisava de edital, mas tinha certos prazos que precisavam ser cumpridos na entrega dos documentos e etc.
      Eu recomendo que você vá na AAI e pergunte a eles por lá quais são os prazos pra ir no semestre que você prefere e quais são as faculdades conveniadas! Ficam ali no Canela, no prédio da reitoria mesmo, é facinho :D

      Beijão e volta sempre :*

      Excluir
  6. Olá! Adorei essa postagem!
    Você poderia informar quanto você gastou? se foi tudo de graça, se você teve que pagar algo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nesse post: http://centrifugir.blogspot.no/2015/07/intercambio-pela-ufba-sem-csf-de-quanto.html

      Acho que tem todas as informações referentes aos valores! Espero que te ajude. Boa sorte com o intercâmbio :D

      Excluir
  7. ai, meu deus, acabei de comentar aqui, só que apareceu uma página de login do google pro comentário ser publicado. agora meu comentário não aparece mais! será que enviou?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ai, acho que não veio mesmo. Teria como mandar de novo?? :D

      Excluir
  8. Muito massa seu blog, o mais legal são as informações, mesmo! Parabéns por compartilhar conosco, os pobres desinformados da UFBA rsrsrsrsrsrs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. hahaha obrigada, Ana! :D Espero estar ajudando a quem quer saber mais sobre as possibilidades de intercâmbio! Volte sempre ;)

      Excluir

Mais Populares